Notícias

29 de abril de 2022

Ponto de Leitura: uma corrente literária da Comunidade Agostiniana

Neste mês de abril, em que se comemora o Dia Nacional do Livro Infantil, as equipes das Bibliotecas e a Gestão Pedagógica inauguraram o Ponto de Leitura, localizado no pátio do Colégio.

O espaço conta com um acervo de livros, com a curadoria das equipes das Bibliotecas, no formato de livre circulação: sem cadastro, sem cobranças, sem multa. Os estudantes e suas famílias poderão ler os livros no pátio do Colégio ou até levá-los para casa. A ideia é ler, devolver ou passar adiante. 

Cultura, conhecimento e muita música 

Para abrilhantar a inauguração, estudantes e professores da Orquestra Stradivarius apresentaram obras do compositor Sebastian Bach, além de músicas como “Beauty and the Beast”, de Howard Ashman e Alan Menken (tema do filme A Bela e a Fera), “O Sítio do Picapau Amarelo”, de Gilberto Gil, entre outras composições que emocionaram a todos.   

Em 18 de abril é comemorado o Dia Nacional do Livro Infantil.
A data homenageia Monteiro Lobato, escritor que dedicou-se à literatura infantil no Brasil.
Uma das músicas apresentadas pela Orquestra Stradivarius foi
“O Sítio do Picapau Amarelo”, do cantor Gilberto Gil.

Ainda durante a inauguração, estudantes e famílias, de maneira simbólica, depositaram os primeiros livros no espaço. Além disso, apresentaram poesias e frases que apreciam o ato de leitura, hábito valorizado em nosso ambiente escolar.  

A inauguração foi realizada durante todo o dia 28 de abril, nos horários de recreio dos turnos manhã e tarde, e no início da noite, para as famílias.

Vamos contribuir com a doação de livros?

Doar aquele livro já lido é uma das ações mais bonitas que podemos incentivar! Afinal, além de abrir espaço para que livros novinhos possam chegar, essa ação contribui para a formação de novos leitores!

Os interessados em participar dessa corrente literária poderão doar livros, para o nosso Ponto de Leitura, dos principais gêneros literários, adaptações em HQ, romances, peças teatrais, ficção e outros. Para contribuir, é só deixar os livros com a equipe, na Biblioteca Gregório Mendel, que fará uma curadoria prévia e deixará dentro de cada livro a mensagem: “Este livro faz parte de uma corrente literária. Depois de ler, devolva ou passe adiante”. Vamos juntos compartilhar conhecimento e levar a experiência da leitura para mais pessoas!

Compartilhe