Programa


Cultura da Paz

A gente acredita e promove

O Colégio Santo Agostinho promove a Cultura da Paz, filosofia que tem o intuito de multiplicar bons hábitos e combater e prevenir o bullying (e outras formas de violência). A ideia agrupa diferentes iniciativas que envolvem estudantes, pais, equipe pedagógica, colaboradores e sociedade no caminho de uma convivência cada vez mais empática.
01
Imagem sobre as vantagens do programa Cultura da Paz
02

Conciliar a filosofia com a prática

Dentre os nossos Valores temos a Solidariedade, Justiça e Amizade edificando a Cultura da Paz:

“(...) espera-se que nossos educandos sejam pessoas inquietas, fraternas, buscadoras da verdade, abertas ao diálogo e à convivência, amigas da comunidade, que cultivem amizades duradouras, que estabeleçam relações cooperativas, tratem aos demais com respeito, igualdade e prezem pelas relações fraternas, solidárias, amorosas."*

*Citação do Branding Center da marca
03

DIVERSAS
iniciativas que previnem o bullying e outras formas de violência

 

IMG_CONVIVENCIA_ETICA3.png

Para além de uma educação que forma cidadãos conscientes dos seus direitos e deveres, buscamos exercitar nos estudantes, diariamente, atitudes empáticas. O Programa de Convivência Ética (idealizado com o apoio do GEPEM e de pesquisadores da Unesp e Unicamp) engloba várias iniciativas, dentro e fora da sala de aula, em busca de uma convivência de cuidado e respeito ao outro.


Além da formação para professores e desdobramentos junto aos alunos, os pais também recebem orientações para conduzir os filhos de modo a estabelecerem relações mais humanas e, assim, contribuírem para um ambiente escolar saudável e ético.


O Programa de Convivência Ética já está implementado no Colégio Santo Agostinho - Belo Horizonte e Nova Lima e, em breve, estará também nas Unidades Contagem e Gutierrez.

Cultura-da-Paz_Box3.jpg

Somos o 1º Colégio em Minas Gerais a implantar a metodologia, em parceria com o GEPEM – Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Moral da Unicamp/Unesp.

Clique aqui e saiba mais sobre o Programa.

 

box-gepem2.png

Formação em 2019 - professores, tutores e lideranças:

174 pessoas

     


IMG_COMUNICACAO_EMPATICA3.png

Cultura-da-Paz_Box3-2.png

A “Comunicação Empática”, programa estruturado internamente, baseado na CNV (Comunicação Não Violenta) de Marshall Rosenberg, é uma metodologia que contribui para o desenvolvimento de uma escuta mais acolhedora e profunda nas nossas vivências diárias - seja em família, no trabalho, nos momentos de lazer, e que nos auxilia para que possamos compreender melhor os outros e nos expressarmos de maneira a sermos também melhor compreendidos, com respeito, compaixão e atenção.


Nas unidades do Colégio Santo Agostinho, educadores e profissionais das mais diversas áreas de atuação participaram de formações sobre o tema, com o intuito de sempre promover a Cultura da Paz em nossas escolas.


 

Parceria

logo-sinergia.png

 

23 turmas

200 pessoas

já capacitadas na abordagem da CNV em 2019

O programa possibilita:

- Desenvolver inteligência emocional e relacional

- Enxergar além das palavras e comportamentos

- Desenvolver e exercitar a Empatia e a Escuta Ativa

- Desenvolver uma expressão mais autêntica, assertiva e eficaz

- Lidar com conflitos e situações difíceis

- Ampliar a colaboração em grupos 

   


Jornada Agostiniana da Juventude

A Jornada Agostiniana da Juventude proporciona a centenas de jovens a experiência da reflexão e a vivência do protagonismo enquanto agentes de mudança em uma sociedade alicerçada nos valores humanos e cristãos.

A caminhada construída dia a dia, durante um ano de preparação, se desdobra em um encontro anual, guiado pela espiritualidade e pelo carisma agostinianos, e que reúne jovens das Unidades do Colégio Santo Agostinho, Obras Sociais e paróquias agostinianas, além de convidados.

box-jaj.png

 "Quem quer que repare nas coisas humanas e na natureza delas
reconhecerá comigo que, assim como não há ninguém que não queira
sentir alegria, assim também não há ninguém que não queira ter paz!"

(Santo Agostinho, A Cidade de Deus,  XIX,  12, 1).

   


Promovendo Direitos

box-aiacom.png

Por meio de um curso que orientou professores e colaboradores sobre o combate ao bullying, a obra social AIACOM, mantida no Rio de Janeiro, desenvolveu um plano de prevenção às violências contra a criança e ao adolescente. A iniciativa visa assegurar direitos, a integração familiar e comunitária, e o protagonismo dos alunos em suas histórias.

As ações se desdobraram em sala de aula e nos projetos pedagógicos, abordando diferentes linguagens artísticas como o teatro, nas mostras culturais; temas como respeito e diversidade; debates com os educandos; entre outras.

   


1papoDEPAS

Momento de descontração para tratar de assuntos sérios, realizado no Colégio Agostiniano Frei Carlos Vicuña, uma de nossas obras sociais.

A convivência harmônica também perpassa por encontros e bate-papos. A iniciativa 1papoDEPAS, que envolve estudantes de diferentes idades, apresenta reflexões sobre assuntos do cotidiano, incluindo a promoção de atitudes para se cultivar a Cultura da Paz. Essa iniciativa também contribui para a prevenção de conflitos e casos de violências no ambiente escolar, mesmo aonde os registros são isolados.

box-vicuna.png

   


PapoDEPAS

box-epsa.png

O PapoDEPAS é um encontro entre convidados especiais e alunos para a discussão de temas da atualidade, realizado na obra social Escola Profissionalizante Santo Agostino - EPSA. O formato do encontro propõe um bate-papo descontraído a respeito de um assunto selecionado a partir das demandas provenientes das realidades dos alunos, como cultura, mundo, escola, família, amizades, profissão, experiências de vida....

O diálogo criado oportuniza a criação de novas formas de pensar e agir e o esclarecimento ético-político para a edificação da Cultura da Paz.

   


Na Raiz

Realizado na obra social Escola Santo Agostinho, em Bragança Paulista/SP.

Alguns desafios do cotidiano escolar e familiar só podem ser resolvidos se tratados com profundidade, atingindo suas “raízes”. Essa é a proposta do Projeto “Na Raiz”. Por isso, a iniciativa propõe encontros de famílias sob a orientação de pedagogas que dialogam sobre as dificuldades da maioria das famílias relacionadas aos comportamentos dos filhos que, em sua maioria, são reflexos do meio em que vivem. São aplicadas atividades direcionadas, utilizando metodologias da Disciplina Positiva, Comunicação Não-Violenta e Empatia.

O objetivo é claro: aumentar o diálogo assertivo, fortalecer vínculos e auxiliar nos processos de aprendizagem da criança e da família nos âmbitos social, emocional e cognitivo.

box-esa.png


Dica de Leitura

dicas-leitura-cp.jpg

Confira os detalhes destas publicações nos sites da editoras Adonis e Ágora.