Notícias

28 de novembro de 2019

Obra do Berço: alunos do 8º ano vivenciam experiência de acolhida e afeto

A culminância do projeto Obra do Berço, desenvolvido com as turmas de 8º ano do Ensino Fundamental, se deu no último sábado, dia 23 de novembro, com a visita dos alunos e da equipe de professores responsáveis à Obra Social São José, que atende pessoas necessitadas de acolhida afetiva, psicológica, física e financeira, entre elas, gestantes, em Marimbá, Betim (MG).  

O projeto, criado há cerca de sete anos, é uma iniciativa das disciplinas de Educação Física, Ciências e Ensino Religioso, juntamente com o Departamento de Evangelização, Pastoral e Ação Social (Depas) e tem como objetivo refletir com os estudantes sobre questões, abordadas em sala de aula, como ser humano, saúde, afetividade e as suas implicações no projeto de vida de cada um. Na etapa seguinte, os alunos são então convidados a se comprometerem voluntariamente com a Obra Social São José.

Durante o desenvolvimento do Projeto no Colégio, foram realizadas várias ações com as turmas:

  • Sensibilização, com bate-papo sobre o Projeto, com a coordenadora do Depas, Maria das Dores Correia;
  • Oficina "Projeto de Vida" com a professora de Português, Érika Sales;

• Noções de empreendedorismo, com a professora de Matemática, Cristina Tavares, construindo conhecimentos, que os auxiliaram nas tomadas de decisão sobre os caminhos a percorrer para a coleta de doações;

• Confecção de cartazes de marketing para a Obra do Berço, orientados pela professora  de Produção de Texto, Thais de Sá.

• Roda de conversa com a professora de Educação Física, Margareth Ambrósio, sobre os cuidados com o bebê, práticas corporais com as crianças e mães, em Marimbá.

Em Marimba, após distribuir alguns donativos, o grupo se dividiu entre os cuidados com os bebês e os cuidados com as mães.

 “Como sempre nossos alunos do 8º ano deram show de solidariedade, respeito, amorosidade e protagonismo. Toda a experiência é sensibilizadora, não há um encontro igual ao outro e os nossos alunos interagem de maneiras diferentes com as crianças e mamães de Marimbá”, afirma a professora de Educação Física, Margareth Ambrósio, uma das grandes incentivadoras do projeto.

“O projeto permite a todo aquele que com ele se compromete perceber que é nas pequenas atitudes que se faz a grande diferença no mundo. Um gesto de partilha, o dedicar-se aos pequeninos e às mães por meio das oficinas, o cuidado com o outro ... essa experiência certamente nos torna mais humanos e comprometidos com a vida”, afirma a coordenadora do Depas, Maria das Dores Souza.

PHOTO-2019-11-23-10-35-52.jpg  PHOTO-2019-11-23-10-35-53_3.jpg  PHOTO-2019-11-23-10-35-56_1.jpg

PHOTO-2019-11-23-10-35-57_2.jpg   PHOTO-2019-11-23-10-35-53_1.jpg  PHOTO-2019-11-23-12-35-39.jpg

Compartilhe