Notícias

03 de julho de 2019

Festa Junina no Sítio... e o país da fantasia tomou conta do Colégio

Em meio aos grandes prédios da movimentada Av. Amazonas, o nosso Colégio se transformou em um verdadeiro sítio, com bandeirolas, balões, galinhas e porquinhos que, juntamente com os personagens de Monteiro Lobato, deram vida à Festa Junina, realizada no sábado, dia 29 de junho.

Participaram alunos da Educação Infantil ao 5º ano do Ensino Fundamental, e da 3ª série do Ensino Médio, educadores, pais, avós e familiares.

Logo na entrada, um livro gigante trazia a história do Sítio do Picapau Amarelo e, de lá, saíram para a nossa festa a Emília, o Saci, o Visconde, a dona Benta, também a Cuca!... e “o país da fantasia” tomou conta de todos: de alguns pela memória, de outros pela vivência de um momento mágico. 

Cheirinho de milho cozido no ar, nuvem no palito, maçã do amor... a pescaria foi de presentes, cada hora uma surpresa, fazendo a alegria da criançada! 

Barracas-e-brincadeiras-2.jpg barracas-e-brincadeiras-3.jpg DSC_8109.jpg DSC_8233.jpg

Ao som da música ao vivo, do “Trio Forró Canta Conto”, formado por Babu Xavier, Everton Coroné e Tininho Silva, as crianças da Educação Infantil deram início às danças, com músicas que tiveram os arranjos preparados especialmente para a Festa.

No meio do dia, houve despedidas, com saudade antecipada, muita alegria e animação: foi a quadrilha da 3º série do Ensino Médio, que misturou músicas da tradição junina com músicas da atualidade.

A última dança, apresentada pelas turmas do 5º ano, trouxe para dentro da quadra os personagens de Monteiro Lobato que, ao som da música “Sítio do Picapau Amarelo”, encenaram e dançaram com as crianças.

A festa acabou, mas o sonho continua... Como diz a música “Pedrinho”, ele imaginava que era rei, soldado, herói, pirata e domador e, era o que queria ser, porque era um sonhador” (música da dança do 2º Período da Educação Infantil).

Que as histórias relembradas em nossa Festa Junina no Sítio nos inspirem a sermos sonhadores para também acreditar que podemos ser o que quisermos.

Clique aqui para ver mais fotos.    

Compartilhe