Notícias

15 de abril de 2020

Desconto emergencial por prazo determinado, enquanto durar a suspensão das aulas presenciais

O Colégio Santo Agostinho, compreendendo o cenário atual e a situação de vulnerabilidade econômica vivida por algumas famílias, está fazendo a concessão de um desconto emergencial, por prazo determinado, a partir de análise individual.

Caso a análise para a concessão do desconto seja deferida, a família terá, por prazo determinado, a redução da mensalidade paga ao Colégio. O benefício não poderá ser cumulativo, ou seja, quem possui desconto sindical não poderá ser beneficiadoa fim de podermos contemplar um número maior de famílias.

O prazo para solicitação do benefício teve início em 15 de abril e continuará aberto para manifestação de interesse, enquanto o as aulas presenciais estiverem suspensas pelos órgãos governamentais.

Conheça a seguir as situações de vulnerabilidade socioeconômica a serem consideradas e os detalhamentos sobre como solicitar a análise para a liberação do benefício.

Comitê de Concessão

Foi criado um Comitê de Concessão, composto por gestores administrativo-financeiros do Colégio Santo Agostinho, profissionais de serviço social e psicologia da mantenedora, a Sociedade Inteligência e Coração (SIC).

Todas as requisições, advindas das famílias, para concessão do desconto emergencial por prazo determinado são apreciadas pelo Comitê de Concessão. 

 

Análise Técnica

O processo de análise conta com a presença e o crivo do Serviço Social da mantenedora, para assegurar o sigilo dos dados. É realizado por meio da análise das informações fornecidas no preenchimento da Ficha Socioeconômica e aferição das informações, através da documentação comprobatória enviada. 

A prioridade para concessão do benefício leva em conta as situações de maior vulnerabilidade socioeconômica e fragilidade familiar. Caso sejam necessários esclarecimentos adicionais, é realizado o atendimento individualizado, por meio virtual, com o responsável financeiro pelo(s) aluno(s).

 

Situações consideradas como vulnerabilidade socioeconômica

O benefício temporário poderá ser concedido em decorrência de a família estar vivenciando as seguintes situações laborais:

  • redução de jornada de trabalho e, consequentemente, redução de salário;
  • suspensão temporária do contrato de trabalho;
  • ser trabalhador autônomo de atividade diretamente impactada pela pandemia do COVID-19;
  • ter outro tipo de redução de rendimentos que deverá ser especificado na Ficha Socioeconômica e documentação comprobatória;
  • desligamento efetivo do trabalho, a partir da pandemia do COVID-19

     

    Como solicitar a análise de desconto emergencial por prazo determinado

    1. Preencha Ficha Socioeconômica online, clicando aqui.   
    2. Envie dos “documentos comprobatórios” (imagem ou PDF) para o e-mail atendimento.social@santoagostinho.com.br
      Os “documentos comprobatórios” deverão ser salvos com o nome do documento e nome do responsável financeiro. Exemplo: IR – Guilherme de Sá.
    3. Aguarde a realização da Análise Técnica pelo Comitê de Concessão e receba a devolutiva da sua solicitação, conforme prazos indicados abaixo.


    Prazos para solicitação e devolutiva sobre o desconto emergencial

    tabela.png

    Importante: Caso o resultado da sua análise seja deferido, o desconto emergencial por prazo determinado poderá ser aplicado retroativo, nas parcelas em que estejam em aberto, a partir da fatura número 4.


    Relação dos Documentos Comprobatórios

    1. Cópia completa da última Declaração de Imposto de Renda pessoa física de todos os declarados na renda familiar (declaração de bens incluída), acompanhada do recibo de entrega.
    2. Comprovante de Rendimento do Grupo Familiar (todas as pessoas que moram na mesma casa, acima de 16 anos e que trabalham). Identifique abaixo sua situação atual, para anexar o documento comprobatório:

    a) Se assalariado: cópia dos 3 (três) últimos contracheques (fevereiro, março e abril); referente ao mês de abril, solicite ao empregador declaração funcional que comprove a renda atual.
    b) Se trabalhador autônomo ou do mercado informal: declaração de próprio punho em que conste o nome completo, número do documento de identidade e CPF, a atividade exercida e a renda média bruta mensal. A declaração deverá conter a data e a assinatura do declarante.
    c) Se aposentado ou pensionista: cópia do último extrato de pagamento de benefício - aposentadoria, pensão, auxílio doença, BPC/LOAS.
    d) Se empresário: cópia do último recibo de pró-labore e declaração de imposto de renda de pessoa jurídica, com o respectivo comprovante de entrega.
    e) Se microempreendedor individual (MEI): comprovante de inscrição no MEI.
    f) Se desempregado: cópia do Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho (TRCT) ou comprovante de recebimento do seguro desemprego, se houver.

    1. Cópia do comprovante de pagamento ou recebimento de pensão alimentícia, se houver. 
    2. Outros documentos complementares poderão ser apresentados opcionalmente para comprovação da situação atual.

    O momento é sensível e o Colégio Santo Agostinho sabe que muitas famílias se encontram em reais dificuldades. O Colégio está empenhado em apoiá-las e não medirá esforços para encontrar as melhores soluções possíveis para todos.



    Para registro histórico Relação dos Documentos Comprobatórios

    Já foram realizados dois ciclos de análise para concessão do desconto emergencial por prazo determinado. 

    tabela2.png

    Compartilhe