Notícias

06 de setembro de 2017

Momento Cívico: uma reflexão sobre a invenção do 7 de Setembro

Alunos da Educação Infantil à 3ª série do EM, professores e funcionários participaram do Momento Cívico realizado no Colégio, nesta quarta-feira, dia 6 de setembro, nos períodos manhã e tarde, para refletir sobre a comemoração do Dia da Independência do Brasil.

O momento de reflexão foi organizado pelos professores da cadeira de História, que leram o texto: A invenção do 7 de Setembro, no qual observam que a imagem de D. Pedro I gritando Independência ou Morte, que há muitas décadas aparecem nos livros escolares, é fruto da imaginação de um artista que nem tinha nascido no momento em que o episódio ocorreu. Sabe-se, hoje, que esses símbolos da Independência nos mostram um Brasil irreal e que a declaração de Independência não significou a unidade política, econômica e cultural do novo país.

Na prática, a Independência do Brasil demorou a chegar e ainda hoje, caminhamos para a construção do nosso país enquanto nação, pois somente há independência com igualdade, justiça, oportunidade e equidade a todos os brasileiros.                                                                                     

O diretor Clovis Oliveira também falou aos presentes, observando que o desejo de independência está presente em nossas vidas desde pequenos e lembrou da própria infância, quando se sentiu feliz de poder sair sozinho à rua. “Nossa independência se realiza por meio de pequenos atos e conquistas, mas ao nos tornarmos independentes é preciso que tenhamos também responsabilidade”, afirmou observando que ninguém vive sozinho.  “Todos queremos algo de bom para nós, mas é preciso querer também para o outro.  É dessa forma que a gente desenvolve uma virtude agostiniana muito bonita que é a solidariedade”, afirmou o diretor.

Após o hasteamento das bandeiras do Brasil, de Minas e do Colégio Santo Agostinho, a Banda Poison Gas, formada pelos alunos: Davi Leão -Baixo e vocal; Gabriel Cole - Guitarra e vocal; Rafael Vaz - Guitarra solo e Pedro Ferreira - Guitarra solo, todos do 8º ano do EF, tocou e cantou as músicas “Aluga-se”, de Raul Seixas e  "Que país é esse?”, da Legião Urbana. 

 

Compartilhe