Notícias

04 de dezembro de 2018

A conscientização tem cor Azul

Em novembro, o Depas - Departamento de Evangelização, Pastoral e Ações Sociais realizou o projeto Novembro Azul, em parceria com os alunos que muito se envolveram e deram um tom especial ao mês. A coordenação da equipe dos alunos ficou a cargo de Mariana Pena (1ªsérie A), Júlia Nery (1ªsérie A) e Lucas Melo (1ªsérie C).

Durante todo mês, a importância da prevenção do câncer de próstata foi abordada por professores, convidados e estudantes por meio de diversas atividades e reflexões. Neste vídeo, o aluno Luiz Starling fala sobre a necessidade da conscientização para prevenção e cura do câncer que mais mata no Brasil.  

Nosso Colégio se vestiu de azul

Os colaboradores também participaram da campanha, vestindo-se de azul em um gesto contra o preconceito e para lembrar o quanto o exame preventivo é fundamental. 
Além disso, o laço, símbolo da luta contra o câncer, ficou exposto no busto de Santo Agostinho, iluminado com luz azul, durante o mês.

IMG_8101.JPG 

Grupo de estudantes voluntários que visitam o Mário Penna. No mês de novembro, além de levar música, alegria e oferecer apoio aos pacientes, eles distribuíram laços azuis. 

Dia do abraço

Nossos alunos distribuíram abraços e laços, na porta do Colégio, aos pais e colaboradores. Distribuíram também panfletos explicativos sobre a doença e os meios de prevenção. Baixe aqui.

IMG_7292.JPG

Campanha do boné

A fim de amenizar os impactos físicos e emocionais provocados pelo agressivo tratamento do câncer, o Depas arrecadou cerca de 900 bonés, para distribuir aos pacientes acompanhados pelo Instituto Mário Penna.

Partilha de vida

IMG_8308.JPG

A superação do câncer de próstata foi tema do testemunho oferecido aos alunos, no Teatro Santo Agostinho e em salas de aula, pelo convidado Eugênio. Em sua partilha de vida, ele falou da luta contra a doença e destacou a importância do cuidado com a saúde de maneira geral e, em especial, de vencer os preconceitos para a realização dos exames preventivos necessários.

IMG_8323.JPG

A superação da doença foi também o tema abordado pelo paciente do Instituto Mário Penna, Marcos Barreto, ao falar para os professores e funcionários. Ele, diagnosticado aos 46 anos, hoje dedica a sua vida a conscientizar a todos sobre a importância do diagnóstico precoce.

Partida e Música Solidárias

Em uma partida animada, alunos do Ensino Médio e professores disputaram um jogo de futsal, no horário de intervalo, com uma grande torcida. Durante o momento, os alunos responsáveis pela Equipe Azul, falaram sobre o câncer e sua prevenção.

IMG_0785.JPG

Veja mais fotos em nosso flickr, clique aqui.

IMG_0544.JPG

Também no horário de intervalo, alunos cantaram diversas músicas chamando a atenção de todos para focar na doença que atinge muitos. Muitos homens ainda tem preconceito em relação ao exame, que possibilita o diagnóstico precoce.

Conversando com os alunos

O professor de Biologia, Marcos Vinícius, e a voluntária do Instituto Mário Pena, Maria Ângela, realizaram um debate, com os alunos da 1ª e 2ª séries do Ensino Médio, em que abordaram os principais temas relacionados a esse tipo de câncer. Na ocasião, o convidado Eugênio também contou aos alunos a sua história de superação da doença.

Música para suavizar a dor

Uma das instituições parceiras do Voluntariado Pastoral é o Instituto Mário Penna, especializado em tratamentos contra o câncer. Todas as quartas-feiras um grupo de alunos voluntários visita o Instituto para tocar, cantar e oferecer apoio aos pacientes.

Em uma das quartas-feiras de novembro, após visitarem o Mário Penna, os alunos voluntários realizaram uma intervenção no escritório da SIC – Sociedade Inteligência e Coração. Eles cantaram músicas, entregaram laços e explicaram sobre a doença e sua prevenção.

Em sala de aula

Durante todo o mês, os professores também conversaram com os alunos em sala de aula sobre a prevenção do câncer de próstata. 

As diversas ações realizadas pelo Depas buscaram, sobretudo, conscientizar a todos sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce, questões que devem ser lembradas, não somente em novembro, mas sim o ano todo!

Compartilhe